Prefeitura Municipal de Chapada dos Guimarães

pdf LEI Nº1.139/2004

Por 793 downloads

Imprimir (pdf, 16 KB)

Lei_nº_1.148-2004.pdf

ESTADO DE MATO GROSSO
PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADA DOS GUIMARÃES
Lei Nº 1.139/2004.
Dispõe sobre cessão de um terreno a Paróquia de Sant`ana de
Chapada dos Guimarães, Diocese de Rondonópolis, para construção
de Templo Religioso, e dá outras providências.
Pedro Reindel Fonseca, Prefeito de Chapada dos Guimarães-MT, no uso de
suas prerrogativas legais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e eu
sanciono a seguinte lei;
Art 1°- Fica o Chefe do Poder Executivo autorizado a ceder, através de doação,
uma área de 5.600 m2 (cinco mil e seiscentos metros quadrados), localizada na
Avenida Olho D'água, no Bairro São Sebastião, a Paróquia de Sant`ana, Diocese
de Rondonópolis, pessoa jurídica eclesiástica, devidamente inscrita no Cadastro
Nacional de Pessoa Jurídica sob o n.° 03.843.307/00 12-03, representada pelo
venerável Bispo Dom Juventino Kestering.
Parágrafo único- A descrição da área a ser doada será:
I- Ao Norte com a área remanescente, medindo 70 metros;
II- Ao Sul com a Av. Olho D'Água, medindo 70 metros;
III- Ao Leste com a atual Madeireira Taiol, medindo 80 metros;
IV- Ao Oeste com a área remanescente, medindo 80 metros.
Art. 2° - A área doada possui a configuração de um retâ ngulo regular e será
desmembrada de uma área maior, inscrita no Cartório de Registro de Imóveis
sob o número 3.746, Livro 2-Z, Folhas 83, datado de 12/11/96, que outrora
media 50.000 m2 (cinqüenta mil metros quadrados).
Art. 3° - A doação da área será condicionada, exclusiva mente, para a
construção de um conjunto arquitetônico do Templo Religioso.
Parágrafo único- Considera-se, para efeito desta Lei, um conjunto
arquitetônico do Templo Religioso, todas as atividades regulares da Igreja
Católica Apostólica Romana, como os cultos, atos comemorativos e festivos,
sacramentais e litúrgicos, inclusive cursos de formação, livrarias, arborização e
jardinamento, estacionamento, bem como as atividades de conquistas sociais e
cidadania, qualificação profissional e qualquer outra atividade, desde que não
defesa em Lei.
Art. 4° - Caso a Diocese de Rondonópolis não inicie a construção do conjunto
arquitetônico do Templo Religioso em dois anos a área regressará,
imediatamente, ao patrimônio do Município de Chapada dos Guimarães-MT.
Parágrafo único- O prazo para conclusão do templo religioso é indeterminado.
ESTADO DE MATO GROSSO
PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADA DOS GUIMARÃES
Art. 5° - São hipóteses de revogação, através de retroc essão, da doação:
I- Locação, cessão ou arrendamento para outras entidades, ainda que
religiosas, sem autorização do Município de Chapada dos Guimarães;
II- Descumprimento da finalidade religiosa à área doada
§1° - Reverterão ao Poder Público Municipal às áreas concedidas a título de
incentivo econômico, bem como as benfeitorias nelas realizadas, quando não
utilizadas em suas finalidades.
§2° - Os beneficiados por esta lei estarão obrigados a recolher aos cofres
públicos do Município, em uma única vez, valor equivalente á totalidade dos
benefícios recebidos, acrescidos de juros legais e correção monetária, caso
descumpram o objeto da doação, sem que estejam cumprindo com os
propósitos que justificaram a concessão, do início de gozo do benefício.
Art. 6° - O termo de doação deverá constar cláusula de inalienabilidade .
Art. 7° - No contrato de doação a ser celebrado entre as partes deverão
constar, obrigatoriamente, todas as cláusulas e condições estabelecidas pela
presente Lei.
Art. 8° - Fica autorizado o Chefe do Poder Executiv o a conceder benefícios
fiscais ao donatário, que serão regulamentados por Decreto Municipal.
Art.9° - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação revogadas as
disposições em contrário.
Paço Municipal,em 26 de Abril de 2004.
Pedro Reindel Fonseca
Prefeito Municipal

Prefeitura de Chapada dos Guimarães